Ristorante Vesúvio

Slow Food
Crítica de Gatronomia

O Vesúvio recria entre nós o clima familiar napolitano, com seu carinho e bom-humor típicos. Esta quinta (18), já na porta fomos saudados com tal gentileza, que em segundos nos sentimos em casa. Nascido em Pompéia, a cidade do Vesúvio, o seu Giuseppe fundou a empresa nos anos 60, na zona do Porto, estando há duas décadas com sua casa própria na Marcílio Dias. Hoje com 81 anos, ele trabalha ativamente, toma os pedidos e conversa com os clientes como se fossem seus filhos.

A comida caseira é a marca do Vesúvio, concentrada nas massas fabricadas ali mesmo: ravióli, rondelli, canellone, lasanha, nhoques, espaguete, talharim, macarrão e penne, com 14 opções de molho (bolonhesa, calabresa, carbonari, napolitana, vesuviana, pesto e outros).

Também há risoto, filés, frango, saladas e canjas. Para abrir o apetite, o pão com molho de tomate quente e queijo ralado (R$ 3, a partir da segunda porção) e gostosos petiscos: polenta, ravióli frito e tirinhas de frango.

Escolhemos o talharim à putanesca, molho que na receita da casa inclui: tomate, atum, cebola, azeitona, alcaparras, alho, tempero verde, tomate seco – um conjunto de sabor rico e intenso, mesmo sem sal nem pimenta. A massa, que deveria impor sua presença em volume e suavidade, não esteve à altura do consistente molho, magra e levemente dura.

A porção inteira (R$ 25) serve 3 pessoas. A salada verde (R$ 6) é mista: alface e tomate, muita cebola e ainda um pouco de beterraba e cenoura raladas. Há dezenas de bons vinhos, de variadas origens.

Além do salão principal, para umas 80 pessoas, há no piso superior um ambiente menor, ainda mais acolhedor e também livre de fumo. A música de fundo é sempre italiana, desde tarantelas a trechos de óperas. Em dias de semana, a casa atende somente à noite; sábados, domingos e feriados há almoço e jantar. O Vesúvio tem como clientes cativos todos os pelotenses e turistas que gostam do jeito italiano de viver: boa comida, boa bebida e um tratamento cálido e amoroso.

Ristorante Vesúvio
Terça a domingo,
Marcílio Dias 1090 esquina Voluntários

9 comentários:

Anônimo disse...

A comida do Vesúvio é tudo de bom ! Não gosto de frequentar o restaurante...acho escuro. Porém, pedir o ravioli recheado com queijo ao molho sugo, e um bife a parmeggiana, pra comer em casa, acompanhado de um bom vinho, é coisa inigualável. Sugiro a todos. Além de bom, é barato.

Anônimo disse...

mas que coincidencia! hoje vinha da rodoviária de onibus e notei esse restaurante, me pareceu bem bacana e pensei "vou jantar ai qualquer dia desses"
Luiz

Anônimo disse...

Concordo com o anônimo das 21 horas, porém comemos um filé a Parmegiana muito bom. Acrescentaria um defeito muito grave para as pessoas altas, qdo estiverem subindo a escada tomem cuidado com a parte de cima dela e digo machuca.st

Anônimo disse...

Não sou fã do Vesúvio, mas não acho ruim. Engraçado é quando se lê no cardápio: OS FILÉS QUE SERVIMOS SÃO DE COXÃO DE DENTRO. eheheheh só em Pelotas...

Anônimo disse...

ola gostei muito do seu blog, bem atualizado, fui saber do pub manta agora lendo a ultima postagem.
abriu um restaurante ali na gonçalves chaves, o Buena Vida, gostaria de visitá-lo, gostaria de uma opinião.abraço!

Anônimo disse...

GOSTO MUITO DESTE "RISTORANTE", ACHO A COMIDA MUITO SABOROSA E O AMBIENTE MUITO ACOLHEDOR, RECOMENDO A TODOS QUE CONHEÇÃO, E AINDA MAIS AGORA QUE ELES ESTAM SERVINDO RODIZIO NO ALMOÇO....HHHHHUUUUUUMMMM. MAMA MIA.....

Marcele disse...

AMO esse restaurante, a massa é maravilhosa, principalmete a vesuviana e ao pepe...minhas preferidas! Agora eles estão com rodízio no almoço...nossa, muita comilança!! Recomendo!!!

Anônimo disse...

o Vesúvio é seem comentários, além da boa recpção, as comidas são maravilhosaaas!
adoro a massa vesuviana, e os raviolis, são muiito saborosos.
adoro o pessoal de la, um abração especial pro Sr. Alvacir ;)

Anônimo disse...

Gostaria de saber se alguem tem alguma dica daquele Mr. Batata da argolo alguma batata suiça com sabor especial?