Coisas de Pelotas (cena da eleição na UFPel)


No debate para reitor da UFPel, uma parente do candidato da situação, professor Manoel Moraes, reclamou do candidato Mauro Del Pino de modo curioso.

Durante o debate, Mauro perguntou a Manoel algo assim: "Como o senhor se sente quando lembra do ditado 'diga-me com quem andas que te direi quem és'"? (referência ao reitor César Borges, condenado pela Justiça).

Findo evento, a parente de Moraes veio para cima de Mauro: "O que você está pensando? Fique sabendo que nós somos de família tradicional..."

Coisas de Pelotas.

Mauro, como se sabe, venceu a eleição.

3 comentários:

Adeni Renato disse...

SEM FAZER REFERENCIA ESPECÍFICA AO CASO RELATADO. Ser de uma familia "tradicional" torna alguém melhor do que os outros, mais honesto, melhor pagador das contas, mais bonito ou mais culto que os demais ? A resposta é não ! Nosso país foi forjado com o trabalho e a dedicação de todo o povo, "tradicionais" ou não. Em Pelotas ainda está muito arraigada esta idéia das origens ," família tradicional", o que não acrescenta nada a realidade atual da cidade. Precisamos de empreendedores, gente disposta a mudar o quadro economico da cidade e provocar mudanças em todas as áreas, inclusive na educação.

Anônimo disse...

O velho e saudoso carteiraço!

Anônimo disse...

Um membro de uma família tradicional, podem crer, não agiria dessa maneira.