Luciane Cardoso ganhou Promoção da Livraria Mundial


Luciane Cunha Cardoso foi a ganhadora da promoção da Livraria Mundial, que sorteou O Livro do Boni entre leitores que nos seguem pelo Facebook.

O sorteio ocorreu na noite desta terça, 31.

Luciane pode retirar seu livro na Mundial, no calçadão da rua Quinze, a partir desta quarta (1), diretamente com Marcos Macedo ou no balcão do caixa.

Parabéns.

- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de Comentários

Puro prazer: László Moholy-Nagy






László Moholy-Nagy (1895 - 1946) foi pintor, escritor e fotógrafo magiar nascido em Bacsbarsod, Hungria.

Sua proposta para as artes gráficas e visuais consistia da aplicação do rigor geométrico à obra de arte.

Estudou direito em Budapeste e participou de movimentos da vanguarda artística de seu país antes de se mudar para Berlim (1921), onde conheceu o abstracionista russo El Lissitzki, que lhe apresentou a arte abstrata.

Através do arquiteto Walter Gropius, passou a ensinar na Bauhaus, em Weimar (1923), onde desenvolveu ideias originais sobre arte e pedagogia artística e criou um plano de estudos que procurava potenciar os dons visuais inatos do estudante.

Fugindo do nazismo (1935), seguiu para Londres e depois para os Estados Unidos (1937). Neste país, fundou, em Chicago, a Nova Bauhaus, que se tornaria a escola de desenho do Instituto de Tecnologia de Illinois e a primeira, nos EUA, a basear-se no programa da Bauhaus europeia.

Como pintor e fotógrafo, trabalhou e experimentou principalmente a luz e suas pinturas a óleo sobre superfícies transparentes ou polidas para produzirem efeitos luminosos móveis, são tidas como precursoras da arte cinética.

Até sua morte, em Chicago, também publicou vários livros, entre os quais The New Vision (1946; A nova visão).

- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook

'Prefeitura reteve incentivo a agente de saúde', diz Simp

Nota do Simp

O atraso no pagamento da parcela denominada incentivo, entre outros pontos de pauta, motivou reunião da direção do Sindicato dos Municipários com os agentes comunitários de saúde lotados na UBS Navegantes, na manhã desta terça-feira.

A partir da seleção e contratação como empregados públicos celetistas, os agentes comunitários de saúde também passaram a integrar a categoria dos municipários, sendo portanto representados pelo Simp.

O Sindicato obteve cópia de documento enviado diretamente a cada agente comunitário pelo secretário estadual de Saúde, Ciro Simoni, informando que os valores referentes a parcela do incentivo já foi depositada para o Município ainda em 2011, sendo que até o momento estes valores não foram repassados aos servidores.

Diz o documento assinado por Ciro Simoni e datado de 02 de janeiro deste ano:

“No ano de 2011 tua participação no cuidado às famílias da tua comunidade foi fundamental para que as crianças, adultos e idosos tivessem projetos terapêuticos organizados a partir de suas reais necessidades. Em dias de sol ou chuva, frente a inúmeras dificuldades, levaste mais saúde e cidadania à população gaúcha. Junto à equipe de saúde, contribuíste para construirmos o SUS que queremos. O reconhecimento da importância deste trabalho nos motivou a manter o incentivo anual para cada agente comunitário e decidimos depositar os recursos correspondentes nos Fundos Municipais de Saúde já no final de 2011 para que recebas no início do ano novo”.

Ocorre que, mesmo com o depósito dos valores pelo Governo do Estado, nenhum agente comunitário de saúde de Pelotas recebeu a parcela correspondente.

O Simp encaminhou ofício à secretária municipal de Saúde, Arita Bergmann, questionando os motivos da retenção, pela Prefeitura, desta verba que já deveria ter sido repassada aos agentes comunitários.

A Prefeitura de Pelotas já tem, inclusive, regulamentação legal para o pagamento do incentivo aos agentes comunitários de saúde por meio da Lei 5.679, de 13 de abril de 2010, não havendo qualquer justificativa, portanto, para a retenção destes valores pelo Municipio.

Conforme o presidente do sindicato, Duglas Lima Bessa, outras dificuldades enfrentadas pelos agentes foram informadas ao Simp, como a ausência de pagamento de vale-transporte para aqueles que necessitam se utilizar do transporte coletivo, por exemplo.

“Outra irregularidade denunciada pelos agentes de saúde é a necessidade dos próprios servidores financiarem sua estrutura mínima de trabalho, como uniforme e bolsas para transporte de material, além do fato de que, quando fornecida camiseta pela Secretaria, o valor correspondente foi descontado de forma arbitrária do incentivo dos servidores, em ano anterior”, aponta o presidente do Simp.

“Vamos buscar corrigir junto à Prefeitura todas as denúncias apresentadas pelos agentes de saúde para garantir condições de trabalho dignas para esta categoria que agora faz parte do funcionalismo público municipal”, afirma Duglas Lima Bessa.

- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook

Cristyane, transexual operada: “Foi um renascimento”

Cristyane. Foto de Ramiro Furquim

Rachel Duarte, do Sul21

Você já imaginou acordar todos os dias sentindo que está no corpo errado? Que o corpo que você possui não é exatamente aquele que a sua mente diz pra você? E, diante das outras pessoas, você precisasse fingir todos os dias ser alguém que você não é? E ainda, nas horas em que quisesse ser você mesmo, você fosse duramente criticado ou até agredido verbal ou fisicamente por apenas… ser você? Durante 30 anos, Cristyane de Oliveira viveu assim. Nasceu mulher, em um corpo masculino. Filha de mãe diarista e abandonada pelo pai quando ainda era bebê, ela enfrentou o caminho doloroso que todas as transexuais sofrem até conseguir se readequar. Hoje, aos 37 anos, conta abertamente como conseguiu ser operada e trocar o nome na carteira de identidade. “Eu vivia em liberdade condicional. Era retraída e com boa parte da vida anulada. Hoje posso ser eu mesma. Foi um renascimento”, contou em longa conversa com o Sul21.

Cristyane veio de Eldorado do Sul até a redação, no Centro de Porto Alegre, em uma tarde quente de janeiro, exclusivamente para dar a entrevista. Chegou de batom e vestido, coisas que só pôde usar ao completar 18 anos. Com cabelos loiros e exibindo belas próteses mamárias, adquiridas quando fez a cirurgia de readequação de gênero, mostrou-se uma pessoa alegre e decidida. “Mas eu não era assim. Jamais iria falar deste jeito aqui ou teria aceitado dar entrevista antes de me constituir como mulher de fato e de direito”, conta.

Menino não brinca de boneca

O pai foi embora de casa quando Cristyane tinha cinco anos de idade. “Ele nem sabe que ele tem uma filha hoje. Que um dos filhos que ele abandonou hoje é uma mulher”, conta ainda pensando se irá procurar pelo pai um dia.

Além do abandono paterno, como muitas famílias brasileiras menos favorecidas, Cristyane passou fome e vestia-se com as roupas herdadas dos filhos da patroa de sua mãe. O problema é que Cristyane, ainda como nome e aparência de menino, tinha que usar as roupas que ganhava, sem se sentir confortável com as vestimentas masculinas. “Eu costumava me vestir de mulher, com as roupas da minha mãe, quando ela não estava em casa. Ela me pegou algumas vezes e disse que iria cortar meu membro fora se eu não parasse de me vestir de mulher. Ai é que eu esperava ela todos os dias vestido de mulher (risos)”, conta.

Quando criança, Cristyane conta que não se sentia diferente e nem percebia nada de errado em querer ser como era: uma menina. “Eu queria brincar de boneca e minha mãe não deixava. Um dia eu achei uma Barbie sem cabeça na rua e foi a minha alegria. Escondia ela da minha mãe e brincava escondida”, revela.

Foi quando ingressou na escola, diante do convívio social, que surgiram as primeiras de muitas dificuldades e constrangimentos. “Ouvia muitas chacotas. Sempre meus colegas perguntavam se eu era menino ou menina. Eu dizia que era menina. As meninas não se sentiam à vontade comigo, e entre os meninos, eles faziam piadas. Então, passei todo o tempo sozinha”, afirma.

“Usar o banheiro era a pior parte. Não conseguia me sentir bem com os outros meninos e então eu segurava o xixi. Me mijei nas calças até minha mãe mandar uma recado dizendo que eu tinha problema de bexiga. Ai passei a usar o banheiro de menino sozinha, fazia e saia correndo”, fala Cristyane.

Chegada da puberdade e a ‘transgressão’

Adolescer já é uma fase de rebeldia,. Para uma pessoa com dificuldades de aceitação e afirmação, como a transexual Cristyane, foi uma fase ainda mais delicada — mas, ao mesmo tempo, o momento da primeira libertação.

Até poder deixar o cabelo crescer e não precisar mais tirar a camisa em público, a jovem no corpo de uma adolescente decaiu nos estudos e deixou a escola. “O nome da chamada era o que mais me incomodava. Eu comecei a querer rasgar essa imagem que as pessoas esperavam de mim. O nome é como tu te identifica na sociedade e eu não queria mais ser identificada como homem”, conta.

Diante da evasão escolar e da “rebeldia” de Cristyane, a mãe, evangélica, se viu desesperada e visitou um pai de santo do bairro. “Ele disse para minha mãe que ela não tinha problema com o filho e sim com a filha. Que minha mãe tinha um casal e não dois meninos. Ela voltou para casa e me perguntou se era isso. Nós choramos e dali em diante eu não precisava mais me esconder em casa”, fala. Preocupada com o preconceito e a violência, a mãe de Cristyane disse que era melhor que a filha se transformasse após os 18 anos.

O primeiro homem que se interessou por mim nem percebeu que eu não era mulher. E foi amor a primeira vista. Ele perguntou para um amigo nosso em comum quem eu era e disse que eu era muito bonita. Todos riram, ele não se deu conta e me levou para andar de moto com ele. Ai ficamos dois anos e meio namorando, mas, quando a família dele descobriu, tivemos que nos separar”, conta a transexual, que hoje é casada há 10 anos.

“Eu sempre preferi contar logo de cara, porque sei que é importante para evitar constrangimento ou criar expectativas nas famílias. Eu não acho que mulher tem que ser vista como para procriação. Temos que ser aceitas como somos, desde o começo. O meu marido, quando me apresentou (aos pais), disse que eu era operada e eu o desmenti. ‘O que eu tenho no meio das pernas vai interessar apenas para o seu filho, para vocês interessa como eu vou tratar ele e vocês’ eu falei”, revela. “O meu valor está em como eu me expresso e quem eu sou, não ao que eu tenho no meio das pernas”.

Homem ou mulher?

É justamente não saber se reconhecer ou estar envolvido em uma série de traumas ao longo da vida que confunde transexuais e profissionais que trabalham nos grupos de apoio para cirurgia de transgenitalização. Em Porto Alegre, o Sistema Único de Saúde banca as cirurgias através do Programa de Transtorno de Identidade de Gênero (Protig) do Hospital de Clínicas. Foi lá que Cristyane conseguiu trocar de sexo e finalmente ser uma mulher completa, como sempre se sentiu. “Eu fiquei sabendo do programa quando assisti uma entrevista na TVE. Liguei para emissora umas quantas vezes para conseguir o telefone do consultório. Levou um ano e meio até conseguir entrar no grupo, ser aceita e poder fazer a cirurgia”, conta.

A mudança de sexo é concedida pelo Sistema Único de Saúde (SUS) desde 1997, quando o Conselho Federal de Medicina aprovou a realização da cirurgia por entender a transexualidade como doença. O grupo de acompanhamento da pré-operação realiza uma triagem para inclusão na lista de espera. As que frequentam o grupo têm até dois anos para estarem aptas a fazer a operação. Uma equipe multidisciplinar, com psicólogo, psiquiatra, fonoaudiólogo e assistente social orienta sobre a readequação entre sexo e gênero. “Eu acho super importante o acompanhamento neste período. Tem muitos que querem burlar o SUS e ir direto para a cirurgia ou fazem particular para ir mais rápido”, revela Cristyane.

Além da patologização da transexualidade, a cirurgia pelo SUS oferece outra dificuldade: a realização da cirurgia de ginecomastia não é mais realizada pelo Sistema. “Eu fui uma das últimas a conseguir a colocação das próteses mamárias. Em 2001 trancou e eu ainda aguardei seis meses para poder realizar a operação, já com a colocação do silicone”, disse. Porém, Cristyane considera que a luta das transexuais não pode se restringir a despatologizar a transexualidade. “Temos outras coisas para lutar, como conquistar a concessão da cirurgia para cordas vocais, recolocar a prótese mamária que antes era paga pelo SUS”, exemplifica.

Mais do que ser uma mulher por completo, Cristiany se incomodava em não ser reconhecida como tal. Alguns constrangimentos em locais públicos por ter o nome de batismo masculino, o qual atualmente não revela e faz questão de ignorar da memória. Foi com o auxílio de Maria Berenice Dias da Comissão Nacional da Diversidade Sexual do Conselho Federal da OAB que encontrou a advogada Carla Jardim, responsável pela liberação da troca de nomes para as pessoas transexuais no Rio Grande do Sul. Na identidade, consta enfim o nome Cristiane de Oliveira Cristy – ela usa o nome Cristyane por opção pessoal. “Levou cinco anos para eu conseguir vencer a burocracia de mudar o nome. Não fosse eu encontrar a Dr. Carla Jardim, estaria até hoje esperando, eu acho. E o nome foi sempre o que mais me incomodou, porque para as outras pessoas não importa se eu tenho uma ‘b…’ no meio das pernas: só vão me identificar como mulher se eu tenho um nome na carteira de identidade”, disse.

Hoje ativista da causa LGBT(Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais), Cristyane participa das conferências e integra a Associação de Travestis e Transexuais – Igualdade. “Ser esteticamente uma mulher perfeita, operada, não é garantia de segurança contra preconceito ou exclusão social. Temos que lutar por todas as transexuais. Se eu não lutar por isso, outras podem não ter voz”, explica. Autora do blog Diário de uma transexual, a cabeleireira causa polêmica com suas opiniões. “Eu quis fazer o blog para informar as outras pessoas que podem estar passando o mesmo sofrimento que eu passei ou que precisam superar traumas neste sentido e vão se identificar comigo ou mesmo trocar experiência par isso. É uma função de quem consegue alcançar a sua transformação e ser completa como eu, mostrar a sua história e desmitificar essa nossa realidade. O que aquela Ariadna do BBB 11 não fez. Eu falei muito sobre isso. Ela aceitou participar de um reality show, mas não aproveitou a visibilidade em nível nacional para trazer o tema à tona. Não foi uma contribuição ela ter se exposto sem ter assumido seu gênero”, argumenta Cristyane.

Cristyane não concorda com a glamourização da transexualidade que o Brasil vive após BBB e a visibilidade dos LGBT com as recentes conquistas de direitos. “Muitas travestis que eu conheço há tempo se dizem transexuais e querem fazer cirurgia, porque acham bonito. Por outro lado, as transexuais não querem ser identificadas como tal por acharem feio. A travesti pode sair como homem pra rua durante o dia, nós transexuais não. Somos mais vulneráveis. Temos que nos trabalhar para nos identificar como somos e poder lutar pelos nossos direitos”, fala.

“Hoje um nome, amanhã um mito, esta é minha assinatura. Sei lá, pode ser um sonho. De poder estar contribuindo para que outras mulheres ou transexuais consigam ser mulheres sem estar buscando a perfeição”.

- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook

Flashes


A dor do boneco de ventríloquo é a solidão de sua voz.

- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de Comentários

Jornalismo em Pelotas, exótica ideia

RÁDIO AMIGOS

_____________________________________________________
- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook

Medalha da semana

Finalmente a medalha da semana passada - conferida hoje com atraso. Peço desculpas.

A medalha foi para Luciano Oleiro, secretário de Urbanismo da cidade há anos no governo Fetter Jr. (PP).

Motivo: por inovar na gestão da ocupação dos espaços públicos. Em sua administração, os camelôs, por exemplo, tiveram franco acesso às ruas para vender todo tipo de produto.

Para completar a favelização da paisagem, só falta alguém instalar um botijão, um fogão, um panelão e passar a vender milho quente em frente da Ótica Cristal.
_____________________________________________________
- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook

Fim da calvície nos bebês

SESSÃO REMEMBER

Nunca é demais lembrar.
Se o seu bebê é careca, não se desespere.
Há perucas no mercado.


_____________________________________________________
- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook

Pergunta da hora

Será que neste Carnaval o funcionário do Diário Popular Sérgio Cabral vai receber dinheiro do contribuinte como produtor cultural da apresentação de Conjuntos Vocais em evento do calendário do município? Ele recebe verba para esse fim há vários anos do governo Fetter Jr. (PP). No ano passado, o valor subiu muito - de R$ 4 mil em 2010 foi a R$ 20 mil. O caso acabou no Ministério Público, que entrou com ação na Justiça contra Cabral e o secretário de Cultura, Ulisses Nornberg. Um dos pontos graves: segundo o promotor Jaime Chatkin, autor da ação, Cabral utilizou os R$ 20 mil dados pela prefeitura para pagar inclusive a presença do cantor Luiz Airão a um evento privado realizado pelo Diário Popular, do qual o prefeito é sócio-proprietário.
_____________________________________________________
- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook

Coluna do Arrastão de 31, terça

Atualizada às 09h01

Política, negócios, servidores etc. 


Arrastão *
Para o Amigos

Governo quer duplicar multa toda vez que motorista bêbado for flagrado
O governo se rendeu à evidência de que a lei seca caducou depois de três anos e meio de existência e está fechando com o Congresso um acordo para mudar o texto. O plano é combater a impunidade de motoristas que dirigem sob efeito de álcool e são responsáveis por mais de 20% das mortes no trânsito. A ideia, segundo o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, é dobrar o valor das punições e retirar da lei o artigo que fixa o teor de álcool no sangue. Dessa forma, deixaria de existir o limite de 6 decigramas por litro. E seriam validados os diversos meios de produção de prova já previstos e utilizados. Um ponto consensual do substitutivo aumentará substancialmente a pena de quem for apanhado dirigindo alcoolizado. A multa inicial, que hoje é de R$ 957,65, dobra para R$ 1.915,30. Na reincidência, o valor dobra de novo e sobe para R$ 3.830. Hoje, a lei impõe também a suspensão do direito de dirigir por 12 meses. O prazo vai dobrar. Pelo novo texto, a reincidência será medida em dois anos, aumentando o tempo em que o infrator ficará sob quarentena.

Lupi volta à Presidência do PDT
O ex-ministro do Trabalho, Carlos Lupi, volta à presidência nacional do PDT. Ele havia sido recomendado pela Comissão de Ética da Presidência da República a não acumular os cargos de ministro e dirigente partidário. Para o deputado federal Brizola Neto, o PDT deveria ter feito uma reunião do diretório do partido para decidir sobre a volta de Lupi à presidência. “Não se pode desconsiderar a circunstância política que envolveu a licença e a volta. O retorno não poderia ser por ato pessoal. Deveria ter sido feito por decisão do partido, que, se fosse o caso, voltaria com mais legitimidade”, disse. Carlos Lupi respondeu dizendo que não deseja ser unanimidade e que tem legitimidade para ocupar o cargo. “Todo partido tem divergência isso é democracia. Tem gente que não gosta da gente. Toda unanimidade é burra. Estou à frente do partido, fui eleito, tenho legitimidade”.

___________________________
* Nascido nas ruas, como tantos, Arrastão é o primeiro cão errante de Pelotas a desenvolver a escrita. Cientistas da UFPel acreditam que, por causa da necessidade de sobrevivência, ele adaptou-se ao ambiente. Arrastão vai coletando notas e atualizando esta coluna no decorrer do dia. A coluna sairá de segunda a sexta, quando não houver osso duro para roer.

- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de comentários

Puro prazer



- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de comentários

Governar para os ricos

O Brasil se contenta em ser um espaço livre, uma cancha nova para a prática do jogo capitalista (GH)




Geraldo Hasse, jornalista*

Com raras exceções, governar é dizer amém a quem tem dinheiro - banqueiros, concessionários de serviços públicos, empreiteiros, industriais e empresários de grande porte. Tem sido assim desde o alvorecer das repúblicas, com ou sem participação popular por meio do voto. No Brasil foi assim com Getúlio, Juscelino, os militares, Sarney, Collor, FHC e Lula. Dilma segue pela mesma trilha.

A decantada inclusão social patrocinada pelos governos petistas custa menos de 15% do que a União paga de juros aos rentistas nacionais e internacionais. Não há esforços nem tentativas de fazer as esperadas e prometidas reformas agrária, fiscal, eleitoral, política etc.

Copa e business
Eike: apoio do PT
O Brasil se contenta em ser um espaço livre, uma cancha nova para a prática do jogo capitalista. Taí a Copa 2014, o Brasil se dispondo a sujeitar-se aos ditames da Fifa, a multinacional do futebol. Os preparativos para a Copa 2014 confirmam que o Brasil se compraz em ser palco mas renuncia a ser ator, autor ou diretor desse espetáculo fugaz montado para proporcionar chances de business sob mediação do espetáculo futebolístico.

A quem duvida dos parágrafos acima, recomendo ler a entrevista do engenheiro Ildo Sauer à revista da Adusp (www.adusp.org.br), edição de outubro de 2001. Ex-diretor da Petrobras, Sauer conta como o governo petista facilitou a ascensão do empresário Eike Batista ao grande negócio do petróleo turbinado pelo Pré-Sal. É uma entrevista de mais de dez páginas com notáveis revelações, confirmando o que está escrito no início deste texto: é mais fácil governar dizendo amém aos detentores do dinheiro.

* Publicado originalmente no www.seculodiario.com

- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de comentários

Puro prazer: João Dixo



Natural de Vila Real, nascido em 1941, o português João Dixo concluiu o Curso Superior de Pintura da Escola Superior de Belas Artes do Porto, em 1966. Fez também o Curso de Ciências Pedagógicas da Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Professor do Círculo de Artes Plásticas da Associação Acadêmica de Coimbra, é membro Fundador do Grupo PUZZLE (1974/1979), de La Jeune Peinture (Paris - 1974/1980) e da APNDC (Bienal de Vila Nova Cerveira). Lecionou na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto por mais de 20 anos e foi responsável do grupo de desenho do Departamento de Arquitetura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.

- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de comentários

Tirar dos pobres para dar aos ricos?


Cláudia de Lira
Para o Amigos

A sede da Igreja do Porto tem o forro comprometido pela ação dos cupins, e o telhado também está deteriorado, precisando, ambos, de recuperação.

Como acontece com qualquer construção, a manutenção é absolutamente necessária, condição para a sobrevivência e utilidade do prédio.

A Igreja do Porto, acostumada a abrigar muitos fiéis em suas missas, especialmente as crianças nas celebrações de Domingo pela manhã precisa passar por reformas urgentes.

O padre Severino, responsável pela paróquia, tem toda razão em manifestar apreensão, inclusive demonstrou prudência transferindo as missas para o salão paroquial e para a capela do Hospital Beneficência Portuguesa, com isso garantindo a integridade física própria e dos fieis, sem depositar toda sorte nas mãos de Deus.

A Igreja do Porto pretende que o custeio da obra - orçada em R$ 500 mil – seja suportado pela comunidade.

Segundo a diretoria da Igreja, é preciso que a comunidade colabore, fazendo doações, a fim de que a sede não seja interditada, em definitivo, e se garanta a feitura da obra num tempo mais breve possível.

Um carnê foi preparado a fim de arrecadar dos fieis quantias que variam entre R$ 20, R$ 50 e R$ 100 reais, em 10 meses de contribuição e, considerando que é necessário trocar forro e telhado, a obra também se estenderá para contemplar a pintura do interior da igreja, a recuperação dos bancos, do piso e, de quebra, a pintura externa do prédio, tudo para ter o templo embelezado por ocasião das comemorações do centenário, em novembro de 2012.

O que chama atenção é saber que essa obra de recuperação da igreja precisa ser custeada pela comunidade. Meio milhão no caso da Igreja do Porto é o que se está pedindo à comunidade.

Pedir à população ajuda para manter as instalações das Igrejas parece paradoxal. É que a Igreja Católica está entre as maiores proprietárias de terras, de imóveis, de bens em geral, não só em Pelotas, mas em todo o Brasil, e fora dele também. Por isso, apoiar essas iniciativas e campanhas de arrecadação de dinheiro em prol das igrejas parece um despropósito.

Não teria a Mitra Diocesana, a Arquidiocese de Pelotas, condições de contribuir com a Igreja do Porto? Não era de pedir, primeiro, ao Arcebispo?

A ‘Igreja’ não parece uma instituição de parcos recursos, que necessite despojar a comunidade de valores para suas obras de recuperação. Melhor seria se a comunidade fosse instada a contribuir para socorrer os mais necessitados.

Há um ranço, um verdadeiro vício da “Igreja” em fazer tudo, ou quase tudo, com o dinheiro dos outros, investindo pouco em trabalhos verdadeiramente de cunho social.
A comunidade, talvez com medo de não ganhar o reino dos céus, acaba se obrigando a colaborar. Há, em determinadas situações, verdadeiros constrangimentos para efetivar as tais contribuições.

Rezar missa, celebrar casamentos e batismos, ministrar a comunhão, em qualquer ‘choupana’, é possível.

O ‘edifício igreja’ não é, nunca foi, e jamais será condição para atrair e reunir fieis.

Sempre entendi que somos igreja na medida em que vivemos – ou pelo menos tentamos viver – os ensinamentos de Deus.

E Ele nos ensinou a tirar dos ricos para dar aos pobres, não o contrário!

- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de comentários

Comentário da hora

"Um jornal que diz que é objetivo é um jornal alinhado à direita e que tenta esconder seu ponto de vista".

Ignácio Ramonet, diretor de redação do jornal francês Le Monde Diplomatique, no post Não existe a tão aclamada neutralidade da imprensa.

- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de comentários

Sessão remember

Há um mês e meio, Marcos Macedo e eu recebíamos, no auditório da Faculdade Unip, em São Paulo, o prêmio Top Blog Brasil de melhor blog do Brasil na categoria Notícias e Cotidiano. O Amigos de Pelotas ficou em primeiro lugar no júri popular (votação de internautas) e em terceiro na avaliação do júri acadêmico, atrás apenas de um blog do jornal Folha de S. Paulo e do jornal Correio da Cidade. Concorriam 153 mil blogs em 25 categorias.


- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de comentários

"Carnaval é mais que a passarela"

VOZ DO LEITOR

José Vidal observa: "Carnaval não é só o desfile tipo 'sambódromo'. Existe o carnaval de rua: blocos que desfilam livremente pela cidade, no centro ou fora dele. Ainda o carnaval de salão, em clubes e outras entidades associativas.

O Carnaval começa bem antes da data marcada no calendário, com preparativos de vários tipos, incluindo ensaios e festas a que se convencionou chamar 'grito de carnaval', concursos de rainhas, de madrinhas, de rei momo e de fantasias. E, como diz o samba, '...pra tudo se acabar na quarta-feira'.

Pensar só nos desfiles que concorrem a prêmios (escolas de samba e blocos burlescos) seria apequenar, reduzir o Carnaval".

- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de comentários

Mais de 3 mil professores temporários serão contratados para universidades federais

O governo federal autorizou a contratação de 3.059 professores para o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), conforme portaria dos ministérios do Planejamento e da Educação, publicada hoje (30) no Diário Oficial da União.

De março a agosto deste ano, serão contratados 900 professores com carga horária de 20 horas semanais e mais 900 para jornada de 40 horas. No período de abril a setembro, serão 630 professores para jornada de 20 horas semanais e 629 para 40 horas.

Os contratos terão duração de seis meses, podendo ser prorrogados pelo mesmo período. O ministro da Educação definirá o número de professores para cada instituição.

- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de comentários

A felicidade em Pelotas


- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de comentários

Coluna do Arrastão de segunda, 30

Atualizada às 18h26

Política, negócios, servidores etc. 


Arrastão *
Para o Amigos

Estaleiro em Pelotas depende de documentação
Diretores do Grupo Oxcorp assinaram com o prefeito Fetter um Termo de Compromisso comprometendo-se a encaminhar à Prefeitura, no prazo máximo de 30 dias, o projeto executivo completo de instalação de um estaleiro às margens do São Gonçalo. Prometem ainda, no mesmo período, dar entrada nos papéis para obter licenciamento ambiental. O custo da instalação do estaleiro é, segundo a firma, de R$ 35 milhões e deverá gerar cerca de 250 empregos diretos. A empresa dá manutenção a embarcações de pequeno e médio porte, com no máximo 100 metros de comprimento e 3,5 toneladas. A instalação do estaleiro levará dois anos e deve iniciar em junho próximo. Local: sete hectares junto ao Canal São Gonçalo na área do engenho Pedro Osório.

Prefeitura decreta ponto facultativo na sexta
Nesta sexta (3) será ponto facultativo no âmbito da Administração Municipal - em comemoração à homenagem à Nossa Senhora dos Navegantes e Iemanjá. Prefeitura avisa porém que ficam mantidos os serviços essenciais, principalmente relativos à Saúde, Sanep e Rede de Proteção da Secretaria Municipal da Cidadania e Assistência Social (SMCas).

Mundial sorteia livro nesta terça
Livraria Mundial sorteia O Livro do Boni a leitores que nos seguem pelo Facebook. O nome do sorteado será publicado hoje à noite. Ele poderá retirar o livro a partir de quarta, na Mundial, diretamente com Marcos Macedo ou no balcão da livraria.

Sanep convoca 26 aprovados em concurso
Para os cargos de escrevente, instalador, operador de máquina pesada, operador de sistema hidráulico, servente, técnico em química e telefonista.
Os nomeados:
Gisele Ferreira Dutra, Gabriel Monteblanco Leal, Catia Pereira do Amaral, Maicon Gularte Moreira, Iarles Soares Ferreira, Vinicius Noviki Obadowski, Cariane Harter, Daiane Silva Soares, Matheus Silva de Mattos, Flavio Luz de Vasconcellos, Luciana Strazzabosco, Leonardo da Silva Alves, e Daniela Letícia Furtado Pinheiro.
Elisangela Padilha Berneche, Dianelisa Amaral Peres, e Marilene da Costa Ribeiro.
Alexandre Chaves dos Santos
Jorge Wilson da Silva Conceição, Roberto Ferreira dos Santos.
Fernando Casarin Ludke
Paulo Sérgio Hardtke Bitencourt, Plínio da Paz Ribeiro
Dinamara Espilma Lima
Maria do Carmo Ferreira Gonçalves, Talita Kerstner
Josiane Machado da Silva.

Os nomeados deverão comparecer na sede do Sanep, na rua Félix da Cunha, 653, em horário de expediente da Prefeitura, para avaliação médica e psicológica, levando os seguintes documentos, originais e fotocópias:

CPF, Carteira de Identidade, Título Eleitor, Carteira Profissional, Carteira de Habilitação para os cargos que exigirem certificado de quitação do serviço militar, comprovante da última votação, PIS/PASEP, certidão de nascimento de filhos menores de 14 anos, carteira de vacinação e comprovante de frequência escolar dos filhos, certidão de casamento, comprovante de residência, diploma escolar, registro na entidade profissional, duas fotos 3X4, e alvará de folha corrida. A posse deve ocorrer até o dia 20 de fevereiro.

Pagamento do funcionalismo
Será nos dias 7 e 8, terça e quarta que vem. No dia 7 estará disponível a primeira faixa salarial de até R$ 1 mil e no dia 8 os demais vencimentos. O vale-alimentação no valor de R$ 120,00 será depositado no dia 5.

Conteiners de lixo em novas áreas
Prefeitura anuncia que instalará conteiners de lixo em mais três zonas da cidade: Centro Sul, Centro Sul A e Centro Sul B. A Região Centro Sul corresponde ao perímetro entre as ruas Barão de Santa Tecla, Almirante Barroso, Gomes Carneiro e Voluntários da Pátria. A Centro Sul A, ao perímetro entre as ruas Marcílio Dias, Barão de Santa Tecla, Almirante Barroso, Uruguai, Voluntários da Pátria e avenida Bento Gonçalves, e a Centro Sul B ao perímetro entre as ruas Almirante Barroso, João Pessoa, Marechal Deodoro e Uruguai.

* Nascido nas ruas, como tantos, Arrastão é o primeiro cão errante de Pelotas a desenvolver a escrita. Cientistas da UFPel acreditam que, por causa da necessidade de sobrevivência, ele adaptou-se ao ambiente. Arrastão vai coletando notas e atualizando esta coluna no decorrer do dia. A coluna sairá de segunda a sexta, quando não houver osso duro para roer

- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de comentários

Jornalismo em Pelotas pode acabar bem


- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de comentários

Flashes: Laranjal, amanhecer

oOo
oOo

Fotografias feitas por Hélio Machado de Oliveira.

"Tiradas nesta segunda, entre 6h30 e 7h, no Laranjal... uma baita semana pra nós. abraços".

Hélio.

Blog do Hélio.

- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de comentários

Flashes

Foto: RF
"Uma andorinha só não faz verão"

- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de comentários

Uma grande semana



- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de comentários

O eterno recomeço

Pouco a pouco, a cada dia que passa como se não houvesse, o ano de 2012 vai começando.

Daqui a dois dias, entraremos em fevereiro, quem diria...

Logo a procissão das santas retornará uma vez mais às nossas retinas. Iemanjá e Nossa Senhora dos Navegantes puxarão cortejos fluviais, e homens, mulheres e crianças esperarão emocionados nos ancoradouros, com oferendas nas mãos.

Logo virá - outra vez - o Carnaval. Em Pelotas, teremos o organizado desfile formal na passarela da antiga estação férrea, que é ao que reduziu-se o que um dia foi o espontâneo e democrático carnaval de rua pelotense.

Depois da festa, virão as águas de março e, no vai-vem das ondas da Lagoa, uma vez mais nossas ilusões terão o destino do esquecimento.

Tudo na vida é tão volátil, tudo que importa se dá de forma tão imprevisível, tão injusta, que Deus (como diz um trecho de um filme de Allen) parece não ter incluído a felicidade no momento da Criação.

Mal temos tempo de conhecer uns aos outros de verdade. Mesmo com o progresso das comunicações, a solidão é um fato. "Comunicação" é como entendemos o que o outro diz, não o que ele diz. Quando a ficha dá sinal de queda, é hora de partir, recomeçar tudo de novo.

Os motores dos barcos, o gestual dos foliões, a ilusão do recomeço do ano, tudo se move por uma coisa nomeada esperança. Assim, parece, sempre será.

Tantos séculos e seguimos incapazes de conceber significado maior que justifique nossa presença neste mundo a não ser esse sentimento básico: esperar...

Não é a esperança que morre por último.

Sem nós, o mundo vive um equilíbrio perfeito demais para a nossa compreensão. Fora de nós, a esperança não depende de expectativa para tornar-se realidade. Nem mesmo precisa de um nome. (RF)

- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de comentários

Agora é definitivo: comentário anônimo acabou

Agora é para sempre. Não vale mais, a partir desta segunda, 30/01/12, o anonimato nos comentários.

A decisão decorre de novo momento do Amigos, após a conquista do Top Blog Brasil, e pretende estender a credibilidade do blog à zona de comentários.

É também um reposicionamento negocial, com o objetivo de criar ambiente mais favorável à comercialização de anúncios.

Peço a compreensão dos leitores para essa nova etapa. Relembro: registrar-se com nome ou pseudônimo é simples e trará, ao longo do tempo, maiores benefícios para todos.

Nem sempre é fácil tomar decisões. Esta não foi, já que muitos leitores gostam do anonimato. Mas, após quase quatro anos aceitando o comentário de anônimos, a fase é outra e exige nova postura. A hesitação foi grande, como você testemunhou. Mas, agora, a decisão é permanente.

Um abraço. Rubens.

- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de comentários

Poema da hora

Tira-me o pão, se quiseres,
tira-me o ar, mas não
me tires o teu riso.

Não me tires a rosa,
a lança que desfolhas,
a água que de súbito
brota da tua alegria,
a repentina onda
de prata que em ti nasce.

A minha luta é dura e regresso
com os olhos cansados
às vezes por ver
que a terra não muda,
mas ao entrar teu riso
sobe ao céu a procurar-me
e abre-me todas
as portas da vida.

Meu amor, nos momentos
mais escuros solta
o teu riso e se de súbito
vires que o meu sangue mancha
as pedras da rua,
ri, porque o teu riso
será para as minhas mãos
como uma espada fresca.

À beira do mar, no outono,
teu riso deve erguer
sua cascata de espuma,
e na primavera , amor,
quero teu riso como
a flor que esperava,
a flor azul, a rosa
da minha pátria sonora.

Ri-te da noite,
do dia, da lua,
ri-te das ruas
tortas da ilha,
ri-te deste grosseiro
rapaz que te ama,
mas quando abro
os olhos e os fecho,
quando meus passos vão,
quando voltam meus passos,
nega-me o pão, o ar,
a luz, a primavera,
mas nunca o teu riso,
porque então morreria.

O Teu riso | Pablo Neruda

- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de comentários

Puro prazer: Luo Fa Hui





- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de comentários

Um pouco da alma do Monty Python



- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de comentários

Flashes: Pelotas à noite

Fotos: Coleção RF.

Rua General Neto

Rua General Neto com Osório

Esquina da Santa Casa pela rua General Neto

Santa Casa

Fotos feitas no início da noite deste sábado, 28, depois de conversar, repentinamente, pela janela do carro, com o amigo Ivomar.

- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de comentários

Cavalo de Guerra



Déborah Corrêa Schmidt
Para o Amigos

Baseado no livro de Michael Morpurgo, Cavalo de Guerra conta a história do jovem Albert Narracot (Jeremy Irvine), que estabelece uma incrível amizade com um cavalo, batizado por ele de Joey. Porém, durante a 1ª Guerra Mundial, Albert e Joey são separados, já que o cavalo é vendido para o exército inglês, começando uma jornada pelos campos de batalha europeus. Adaptado para o cinema pelos ingleses Lee Hall e Richard Curtis, e dirigido por Steven Spielberg, Cavalo de Guerra é um filme simples, mas visualmente belíssimo. Como é de praxe nos trabalhos do diretor, muitas cenas parecem um quadro, graças à genialidade do cinematógrafo Janusz Kaminski.

Inicialmente, Spielberg exalta o estilo de vida simples, com a trama tornando-se mais sombria à medida que a guerra avança. Cavalo de Guerra utiliza os olhos do animal do título para expor as virtudes de uma vida modesta, para depois culminar nos horrores da guerra, sempre ressaltando o lado emocional. E é Joey que leva o espectador aos diversos momentos do conflito, mostrando o sofrimento de civis e de soldados. Como já mencionado, tecnicamente o filme é impecável, resultando em um dos trabalhos mais bonitos de Steven Spielberg. A fotografia épica destaca desde vales ensolarados a sombrias trincheiras, enquanto a direção de arte ressalta, além de uma perfeita ambientação da época, planos abertos que realçam cores vivas e vibrantes, contrastando com a escuridão dos planos mais fechados. E tudo isso embalado pela trilha sonora do maestro John Williams.

Com um elenco formado pela sua maioria de competentes atores britânicos, o filme é protagonizado pelo novato e inexpressivo Jeremy Irvine. Papéis menores, mas não menos importantes, ficaram com os talentosos Tom Hiddleston e David Kross, que vivem respectivamente um capitão inglês e um recruta alemão. Há ainda a participação do ótimo ator francês Niels Arestrup, como um camponês que tenta ajudar sua neta a suportar esse período difícil. Mesmo com grandes nomes, o destaque do filme é mesmo o cavalo que "interpreta" Joey. Com uma imensa capacidade de expressão, demonstrando uma emoção surpreendente, o animal torna-se alvo fácil de conexão com o público. Até sua relação com o cavalo “rival” é retratada com maestria, graças ao talento dos eqüinos.

Sem nunca mostrar sangue na tela, não há como negar que Cavalo de Guerra é um filme violento. Para não chocar, Spielberg inteligentemente utiliza a violência gráfica para ilustrar os horrores pelos quais os personagens passam, deixando-os implícitos ou então utilizando saídas para evitar mostrá-los diretamente na tela. Apenas o roteiro peca em alguns momentos, tornando o filme irregular e apelativo, mas nada que prejudique o resultado final de um inocente e sincero épico. Repleto de cenas grandiosas, Cavalo de Guerra recebeu 6 indicações ao Oscar, mas apesar de Steven Spielberg não concorrer como diretor, o filme está na briga com mais 8 títulos na categoria de melhor filme. Portanto, preparem-se para belas imagens, diálogos e músicas que conspiram para emocionar o público. Afinal, é o que Spielberg faz de melhor.

- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de comentários

Medalha para quem?


Quem você acha que merece ganhar a medalha da semana, conferida pelo blog a autoridades públicas por algo "notável" que tenham realizado?

Deixe a resposta aí na zona de comentários, nome da autoridade e motivo.

- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de comentários

Luiz Cláudio Cunha: "Eu leio o Amigos"

Rumo aos 4 milhões de visitas ao blog

Luiz Cláudio Cunha. Foto | Ichiro Guerra

Um amigo supõe quem diz tudo o que deve e precisa ser dito, quem melhora a percepção da vida e quem cultiva e respeita a inteligência. A minha, a tua, a nossa inteligência.

O Amigos de Pelotas, o primeiro jornal em tempo real da cidade desde 2008, é tudo isso, e muito mais.

No caos libertário, confuso, difuso da internet, o Amigos consegue ser um remanso de qualidade e reflexão, um oásis para pensar e repensar o que realmente importa neste frenesi cibernético.

Com elegância e firmeza, agregando informações e pensamentos diversos da política à cultura, da economia às redes sociais, das questões internacionais aos entreveros locais, Rubens Amador Filho conseguiu realizar a proeza que poucos jornalistas alcançam: trouxe o mundo para a província, levou a província para o mundo.

O segredo está no compromisso seminal de seu blog: "Fazer jornalismo de verdade".

Todo mundo sabe que a receita para isso é cultivar a verdade, fiscalizar o poder, exercer a crítica, valorizar o mérito, como expressa a 'linha editorial' definida por Rubens, que abraça a saudável divisa de Gramsci nesta épica empreitada: "Otimistas na ação, céticos na inteligência".

Com esta receita vitoriosa, o Amigos de Pelotasconquistou um milhão de amigos — por ano. São quase quatro milhões de acessos neste curto tempo de vida, recompensados pelo que aqui vemos, lemos e apreendemos.

Para quem acha difícil transpor os limites estreitos da paróquia, do feudo, da província, a boa notícia é que a qualidade não tem fronteiras neste pampa largo sem porteiras, nem tranqueiras da internet.

O Amigos de Pelotas, aqui do sul do mundo, acaba de arrebatar o respeitado Prêmio Top Blog Brasil, numa dura disputa com 153 mil blogs, eleito pelo júri popular de todo o país como o melhor blog da categoria Notícia e Cotidiano.

Para o júri acadêmico, é o terceiro melhor.

Ou seja, o Amigos chega aos quatro anos de vida como um sucesso nacional de público e de crítica.

Não é todo dia que se encontra um amigo assim.

E aqui nos encontramos, todos nós, amigos e cada vez mais cativos.

Obrigado, Rubens!

Luiz Cláudio Cunha
_________________________
Luiz Cláudio Cunha é jornalista. Trabalhou para diferentes órgãos de imprensa: jornais O Estado de S.Paulo, Jornal do Brasil, O Globo, Correio Braziliense, Zero Hora, Diário da Indústria e Comércio, e as revistas Veja, IstoÉ e Afinal. Foi editor-contribuinte da revista Playboy. Comandou a redação da Veja em Porto Alegre (1973-1980) e em Brasília (1981-1983). Em Brasília, chefiou ainda a redação de IstoÉ (1984) e Afinal (1985-1986), e de O Estado de São Paulo, Jornal do Brasil, Zero Hora e Diário da Indústria e Comércio. Sua carreira está marcada pela reportagem investigativa e pelo jornalismo político. Ganhador de vários prêmios, cobriu episódios políticos marcantes da história e escreveu sobre crimes contra direitos humanos praticados por ditaduras militares do Cone Sul. Dentre seus trabalhos mais importantes, destaca-se a série de reportagens sobre o episódio conhecido como “Sequestro dos Uruguaios”, uma tentativa ilegal de militares brasileiros e uruguaios para a prisão de ativistas uruguaios, no âmbito da clandestina Operação Condor. O trabalho rendeu-lhe o prêmio principal do Esso de Jornalismo de 1979, Em 2008, lançou o livro Operação Condor: o Sequestro dos Uruguaios, recebendo da Câmara Brasileira do Livro um Prêmio Jabuti e menção honrosa do Prêmio Vladimir Herzog do Sindicato dos Jornalistas de SP. É detentor do Título de Notório Saber em Jornalismo pela Universidade de Brasília.
__________________________________________________



- Amigos eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de comentários

- Este e outros leitores declarados

Puro prazer



- Amigos é eleito Melhor Blog de Notícias do Brasil em 2011
- Siga o Amigos de Pelotas no Twitter
- Siga o Amigos de Pelotas no Facebook
- Política de comentários